quarta-feira, 3 de julho de 2013

noite nº 2

pela manhã
não te reconheço,

nem os cheiros,
nem a pele.
- suspiro -
se der sorte
lembro-me de mim
e do que serei
nos próximos instantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

vírgula