domingo, 28 de julho de 2013

noite nº 7

no teu peito
eu esqueço
tudo e tempo
- os segundos e as horas
que os ponteiros não contam -

me tatuo em tua pele
trago o teu cheiro
me desenho em tua cor
e nos pelos da tua barba
e nos olhos:

todo o mundo resumido:
você e eu.
para Miguel

Um comentário:

  1. Mais que um casamento de corpos, é como se ambos se mesclassem, não respeitassem a física. Lindo poema.

    ResponderExcluir

vírgula